Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Por Carmen Saraiva

foto do autor


Contacto

cmsaraivasantos@gmail.com

100 páginas no Instagram

@carmensaraivasantos

calendário

Agosto 2013

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


Pesquisar entre as páginas

 


Quando não se tem nada para fazer

Terça-feira, 06.08.13

Esta semana os posts serão feitos menos amiúde, mas por uma boa razão: estamos a banhos e na descontra total, e por isso o tempo à frente do computador, e consequentemente para escrever, é mais escasso! Além de que desde que engravidei me transformei numa koala que às 10h da noite praticamente já nem se aguenta em pé. Mas as ideias estão sempre a surgir, os press novos também, e tudo isso está a ser guardado para preencher as próximas páginas! Hoje a praia fez jus ao nome e a temperatura ao mês, e por isso o tonzinho cor de canela está a voltar (se bem que há pouco o marido perguntou-me se tinha bebido, por isso talvez ainda esteja mais para o tom lavagante do que outra coisa. Lá chegaremos). Do dia a banhos guardei algumas pérolas gritadas pelos veraneantes que me rodearam, a única coisa que me entretém para além da leitura. Entre muitas, aqui estão algumas frases ouvidas hoje na praia: Cuidado Rafaela, olha as pessoas! Ainda bem que saiu o Alfaiate, também não dançava nada. Se quiseres continuar comigo, tens de largar a cerveja. Bolinha de Alvor tem mais sabor, sim senhor! Françoise! Quelle heure est-il? Liga pro Ricardo, que não pagas. A consulta é só as seis e meia. É tão parvo, nem parece meu filho. Thai massage! Não comas mais! Tá memo boa. Quem é que manda aqui?!! Gajo que ande com a minha irmã pode fazer o que quiser. Vai-te lavar! Juntando todas elas tenho material que chegue para um romance.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Carmen Saraiva

The new Soft Touch

Segunda-feira, 05.08.13

A women'secret tem uma nova linha de roupa interior e pijamas, a Soft Touch outono 2013, disponível nas lojas e no site (womensecret.com). Pelas imagens do press parecem ser peças românticas que privilegiam o conforto, sem pôr de lado a feminilidade. Para quem gosta da marca mas não é adepta dos pijamas com bonecada, é a solução ideal! Adoro sobretudo os tons pastel, são os meus preferidos.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Marcadores:

por Carmen Saraiva

Para as férias...

Domingo, 04.08.13

A preparar o nécessaire para a semana de sol... e estes não podem faltar!

Especial destaque para o Baume Après Soleil de Clarins, para mim o melhor after sun para o corpo de sempre. Além de refrescar e hidratar em profundidade a pele, prolonga o bronzeado e o aroma é divinal (cheira a "lavadinho", como costumo dizer) e dura imenso - praticamente nem sentimos vontade de pôr perfume depois do banho.

A máscara para o cabelo de L'Oréal Paris Elvive Solar também surpreendeu. É um produto muito acessível de grande consumo mas que regenera e suaviza eficazmente os fios depois das agressões do sol, mar e piscina, e o cabelo não fica pesado. Neste verão é a máscara que tenho usado depois da praia e estou muito satisfeita.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Marcadores:

por Carmen Saraiva

Intuição de mãe? Really?

Sábado, 03.08.13

Desde o dia em que vi aquele risquinho no teste de gravidez, no fim de abril, que a primeira imagem que me surgiu foi a de um menino. Não sei explicar porquê, e nem sequer tinha razão para isso. Foi mero palpite, pronto. Ou, achava eu, talvez intuição de mãe. Quando me perguntavam o que preferia, dizia sempre que não preferia nada, que o importante era que viesse bem - até porque sendo o primeiro, o "cromo" nunca seria repetido, por isso era indiferente - mas vendo bem, as meninas e toda a parafernália que as rodeia até têm mais graça. Além disso, no rol de primos diretos já há três meninos e só uma menina, por isso até era giro se agora viesse uma gaja e uns vestidinhos e lacinhos, para desanuviar. Isto tudo sem nunca ter dúvidas de que era um menino.

Bom, o que é certo é que passei de não querer saber o sexo do bebé até ao parto, coisa que afirmava convictamente antes de engravidar, para estar ansiosa e a contar os minutos até ao dia em que podia finalmente desvendar o segredo. O que aconteceu ontem.  Quando entrei disse ao Dr. Amado que já sabia o que era. "Ai é? Então?" É um menino, respondi. "Ah, então é porque é - as mães raramente se enganam!", disse com um sorriso. Depois de se confirmar que estava tudo bem (perdi um quilo e tal em mês e meio, o que aparentemente é bom!), medir a tensão, beca beca, lá passámos para a parte do "programa" a preto e branco. Curiosamente, acho que ontem percebi menos do que vi do que na anterior, das 12 semanas, e sinceramente fiquei certa de que não se ia conseguir ver o sexo. "Está a ver aqui, é a cabeça", dizia o querido Dr. Amado. Ahhh.... Eu pensava que a cabeça era a bola do lado. Aparentemente devia ser o tronco. "E aqui, uma perninha esticada, a outra mais encolhida..." Aham. Certo. O Dr. e a assistente olham para aquele emaranhado de linhas e decifram aquilo tudo como se tivesse a nítidez de uma foto tirada com o iPhone 5, já eu e o marido ficamos ali meio perdidos. A sensação é a mesma que tinha há anos quando ficava horas especada a olhar e a tentar encontrar as formas escondidas naqueles desenhos tridimensionais, que eram feitos de padrões coloridos. Havia sempre alguém que conseguia ver o que lá estava e gritava com entusiasmo "É um barco!", "É um cão!", e eu, nicles. A única coisa que era certa era uma grande dor de cabeça.

Sempre tive dificuldade em decifrar ecografias de bebés alheios, mas achava que quando fosse a minha vez isso não ia acontecer. O meu bebé ia aparecer perfeitamente claro, qual emissão digital em formato paronâmico, não ia cá haver dúvidas. Pois, mais uma convicção que foi pelo cano! Passados poucos minutos, já eu perfeitamente convencida de que iria sair de lá sem nenhuma novidade, diz o Dr., calmamente... "Pois... Sabe que numa família de mulheres bonitas... Até convém... Que seja uma menina..." Hmmmm? Então??? "É uma menina!!" Ahhhhhhh a sério??? Pronto, foi a surpresa total. Risos e êxtase, ficámos muito contentes! Mais eu do que o pai, que não tinha qualquer preferência e como tal ficava contente de qualquer maneira, porque acho que eu claramente (e percebeu-se pela minha alegria ontem) devia preferir uma menina, ainda que fosse lá no fundo, no fundo. Seja como for, conseguiu enganar-me bem e ainda nem nasceu. Isto vai ser bonito, vai.

E agora é escolher o nome! E finalmente comprar os vestidinhos e os fofos que andava a namorar. Prepara-te, conta bancária.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Marcadores:

por Carmen Saraiva

Daqui a poucos minutos...

Sexta-feira, 02.08.13

Saberemos finalmente o sexo da criança! Isto se ele/a deixar, claro... é bom que deixe, nem que tenha de fazer o sacrifício de comer um ovo Kinder para o/a obrigar a mexer-se (sacrifício porque detesto chocolate).Que nervos!

Quando estiver refeita da confirmação (ou da surpresa), prometo update.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Marcadores:

por Carmen Saraiva

My damn space, ou "Tira o rabo da minha toalha"

Sexta-feira, 02.08.13

Já percebi que há por aí muita gente com muito pouca sensibilidade no que diz respeito à gestão do espaço pessoal no areal. Pronto, deixando de lado as indiretas, muita gente que gosta de calor humano e de ir à praia com desconhecidos. Podemos nunca ter visto a pessoa, e no entanto somos obrigados a conviver intimamente com ela, porque está praticamente debaixo do nosso chapéu. Foi assim que me senti das duas vezes em que fomos à praia esta semana. Eu sei que é agosto, eu sei que a quimera do "lugar ao sol" se impõe, mas minha gente, há que ter limites.

O fenómeno repete-se: se por acaso temos a infeliz ideia de sermos sensatos e recuar a nossa toalha um centímetro que seja, para nos afastarmos minimamente e não termos de cheirar o farnel que os vizinhos do lado estão a amarfanhar, ou ouvir as conversas sobre o seu trânsito intestinal, esse centímetro é imediatamente ocupado. Ou seja, é entendido como um convite, basicamente, para se aproximarem ainda mais. Péssima estratégia, não aconselho. O melhor é mesmo usar as toalhas/cadeiras/sacos como marcadores de território, uma espécie de fronteira do nosso minúsculo país, e nunca, mas nunca, retirar as toalhas do seu respetivo espaço quando emigramos, ou seja, quando vamos até à água. Caso contrário, os "okupas" da época balnear vão interpretar isso como um sinal de fraqueza, e atuar de imediato. Quando decidirmos regressar, o mais provável é que já só tenhamos espaço para estender uma toalha de bidé (situação muito comum, sobretudo em certas praias do Algarve nesta altura do campeonato).

E quando com o avançar do dia a sombra do nosso chapéu decide trair-nos e passar para o país do lado, e tentamos pelo menos colocar o saquinho com a água a salvo do calor, mas sem sucesso, porque a fronteira não permite, a não ser que entreguemos as nossas provisões de mão beijada ao território inimigo? Todo um rol de peripécias sem solução que nos surgem em agosto, meus amigos. Essa é que é essa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Marcadores:

por Carmen Saraiva

Facto do dia

Quinta-feira, 01.08.13

Pensamento ao ver nas montras a nova coleção da Mango:

 

Tanta coisa gira que não vou poder usar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Carmen Saraiva

O maluquinho dos cartões de cliente

Quinta-feira, 01.08.13

Já lhe disse imensas vezes que ele é um maluquinho dos cartões de cliente de qualquer que seja a loja. Sempre que nos propõem uma fidelização do género, seja onde for, pronto. Lá vem mais um cartão para atafulhar a minha "rica" carteira, que já praticamente não fecha. E agora pior, porque se abriu um leque de novas lojas onde até recentemente não faziamos compras. Ontem visitámos a Chicco para ver as vistas e gostei imenso de um dos modelos de carrinho, que por acaso até fica bem em conta dados os preços praticados. Assim que chegámos a menina perguntou-me se precisava de ajuda e se estava grávida (sim, por aqui se vê que praticamente aos 5 meses a maioria das pessoas ainda acha que este pequeno alto resultou da ingestão de demasiadas bolas de Berlim na praia), para poder fazer o cartão de cliente da loja e receber um kit oferta, além de outras vantagens. E assim foi, explicou-nos tudo sobre o modelo de carrinho que gostámos (a cor mai linda é o bege), demos mais uma vista de olhos nos outros artigos e depois fiz o dito cartão. E pronto, já recebi uma chucha Physio Soft para recém nascido (a primeira!) e uma Body Lotion hidratante. Ah, e trazia também um mini livro muito interessante com uma espécie de diário da gravidez, explicando o desenvolvimento do bebé ao longo das semanas. Fiquei a saber que há cartões de cliente que até oferecem presentinhos, iupii! Assim sim, temos negócio.
Antes deste cartão tinha sido o da Prénatal, há três semanas. E quer-me parecer que não vai haver melhoras na gestão do espaço da carteira - pelo andar da carruagem, daqui até dezembro acho que tenho de pedir ao Pai Natal mais uma só para albergar todos os cartões de cliente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Marcadores:

por Carmen Saraiva


Em poucas palavras



O que preenche as páginas


subscrever feeds



Pág. 4/4