Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Por Carmen Saraiva

foto do autor


Contacto

cmsaraivasantos@gmail.com

100 páginas no Instagram

@carmensaraivasantos

100 páginas no Facebook


calendário

Março 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031


Pesquisar entre as páginas

 


O mais recente

Segunda-feira, 31.03.14

fotografia.JPG

Ando a ler este, e estou a amar. Além de admirar imenso a Rita enquanto mulher e ser humano, adoro a forma como escreve e transmite o que lhe vai na alma. Os desabafos e as confissões prendem-me da primeira à ultima palavra com uma facilidade extrema. Quando for grande quero escrever assim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Marcadores:

por Carmen Saraiva

Carmen, a contestatária

Segunda-feira, 31.03.14

Desde que fui mãe, ou melhor, desde que fiquei grávida, perdi a paciência para certas coisas. Eu, a pessoa que no restaurante não era capaz de mandar para trás o Iced Tea de pêssego quando tinha explicitamente pedido o de manga, porque "coitado do empregado, e até nem me faz grande diferença", agora não consigo ficar calada quando me irrito. Acho que é por ter agora mais noção do que realmente importa, e como tal estar-me pouco lixando para o que os outros pensam, ou se lhes vou estragar o dia. Reclamo quando tenho razão, e mai nada. Aguentem-se à bronca se quiserem. É a diferença entre o período ADM (antes de Margarida) e DDM (depois de Margarida). Pode ser da maternidade, ou da idade. Ontem até reclamei na Nespresso, sítio onde o atendimento é sempre excelente e onde até ao momento nunca tinha tido razão de queixa. Quando entrámos deram-nos senha prioritária porque, claro, estávamos com a Margarida. Como nunca antes tinha feito uso dessas senhas (acho que enquanto estive grávida nunca lá fui, porque pouco café bebi), nem sequer me tinha apercebido que as tinham, mas agradeci pelo facto. Entrámos, e olhámos para o ecrã que anuncia os números a ser chamados. O número prioritário que lá estava era o 10, e o nosso o 11, pelo que deveríamos ser chamados de imediato, pensei eu. Mas o mais engraçado é que continuaram a chamar os outros números (os não prioritários), sem de facto darem a referida "prioridade" ao nosso. Esperámos cerca de cinco minutos, e nesse tempo foram chamados pelo menos 3 dos outros números ditos "normais". Passei-me. Não percebi qual era a finalidade de terem senhas prioritárias, quando ao entrarmos continuavam a chamar os restantes números, e não o nosso. Comentei isto em voz alta com o marido, mas claro que a intenção era ser ouvida. A senhora que nos tinha dado a senha à entrada sentiu-se ofendida, e ripostou, o que na minha opinião só lhe ficou mal, e à Nespresso. "Minha senhora, as senhas prioritárias são atendidas só no balcão X. E à velocidade a que isto está, nem sequer há muito tempo de espera", e bla bla bla. Respondi que quando ia à farmácia com senhas prioritárias e a situação era semelhante, era chamada de imediato, ao que a senhora respondeu que "aquilo não era uma farmácia". Passei-me ainda mais. "Desculpe, mas acho que vocês não perceberam o conceito de senhas prioritárias. Eu sei que isto não é uma farmácia, mas se entro aqui com uma senha prioritária e se encontram outras senhas prioritárias à minha frente, com toda a certeza que tenho de esperar. Agora quando entro com um número prioritário que é o imediatamente a seguir, e enquanto já cá estou chamam 3 ou 4 números que não são prioritários antes de mim, então não faz qualquer sentido. Eu não venho à Nespresso por ter senhas prioritárias, já vinha antes quando não tinha direito a elas, por isso não me importo de esperar (caso contrário vendo a máquina no OLX e compro outra que venda cápsulas no hiper, assim não tenho de me ralar com senhas), mas se apregoam esse sistema e não o põem a bom uso, e é só "para inglês ver", então estão a prestar um mau serviço ao cliente, coisa que não esperava da Nespresso. Não me interessa a que velocidade isto vai nem em que balcão somos atendidos, mas há de convir que não faz qualquer sentido haver senhas prioritárias se funcionam assim." E pronto, over and out. Já não disse mais nada, e chamou de imediato a atenção de uma colaboradora disponível para o nosso número. Resultado: fomos chamados nos dois segundos seguintes, e acabou tudo em bem.

Mais: na quinta-feira passada comprei uns All Star cor de rosa para a Margarida no Fórum Montijo, na loja Proshop. Enquanto lá estive a empregada conversou demais e distraiu-se, na minha opinião (e olhem que para eu achar que há conversa a mais, é porque foi mesmo exagerado), e o resultado viu-se quando cheguei a casa: trouxe uma caixa com um sapato de cada número. E a diferença era mesmo flagrante, ao ponto de eu ter percebido ainda antes de os retirar da caixa e os comparar. Pronto, tinha de ser. Tanta conversa só podia mesmo dar nisto! Chovia torrencialmente por isso já não podia voltar lá com ela, decidi chamar a sobrinha para resolver o assunto. Entretanto liguei 348 vezes para a loja, e ninguém atendeu. Percebi que muito provavelmente o número par já não estaria na loja e já alguém teria tido a mesma sorte que eu, porque não haveria outra razão para a caixa com o número errado ter um sapato em falta e ter induzido à falha. Disse à sobrinha: ou arranjam o número que falta, ou fazem a devolução do dinheiro. Daí a uns minutos, liga a sobrinha. "Tia, eles estão a tentar procurar o número que falta. Mas dizem que não fazem devoluções." OK. Inspira, expira. Estava a fazer o jantar na altura e ia derrubando as panelas. "A., podes dizer em alto e bom som: ou me resolvem o problema, ou fazem a devolução do dinheiro, caso contrário eu amanhã estou aí às 10h da manhã, logo que isso abra, para fazer um escândalo, escrever no livro de reclamações e fazer uma queixa formal à Deco!! Não fazem a devolução se eu chegar a casa e decidir que já não me apetece ter uns ténis All Star cor de rosa, mas por incompetência da loja era o que faltava não me devolverem o valor!! Ahhhhhhhhhhhhhh!!!" E por aí em diante. Resultado: acabaram por resolver o problema e encontrar na loja do lado, a Lego, que também lhes pertence, aparentemente, uma caixa com os dois números certos dos All Star. Ah, e em rosa (ainda houve a tentativa de trocar a cor dos mesmos, o que só me fez vociferar ainda mais pelo telefone). O mais engraçado é que foi a primeira vez que entrei naquela loja, e escusado será dizer que foi a última.

Isto tudo para prevenir possíveis prestadores de serviços onde futuramente me desloque: não me ponham à prova, porque da conversa ao livro de reclamações é um tirinho...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Marcadores:

por Carmen Saraiva

A cheirar numa perfumaria perto de si

Quinta-feira, 27.03.14

Nova Eau de Toilette Alien Eau Extraordinaire

Fragrância floral, amadeirada e âmbar, disponível em 60 ml, 90 ml e recarga 90 ml (Os frascos são recarregáveis através da embalagem de recarga Eco-Source)

Uma boa sugestão para o Dia da Mãe!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Marcadores:

por Carmen Saraiva

Facto do dia

Quarta-feira, 26.03.14

Há coisas que mesmo só vivendo para ver, e rir à gargalhada. É engraçado como tantas vezes ouvimos dizer "Eu nunca _", e meses depois, ou semanas, é ver como o mundo gira e tudo muda. "Não se deve cuspir para o ar", já dizia a minha mãezinha. E é bem verdade. O que eu me rio com certas e determinadas coisas (ao género de Gato Fedorento)... Dava para um filme cómico!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Marcadores:

por Carmen Saraiva

Adeus fraldas

Terça-feira, 25.03.14

Calma. Não, a Margarida ainda não sabe utilizar o bacio. É mesmo "adeus fraldas" na medida em que não é preciso usá-las mais como toldo para tapar o sol no carrinho. Neste fim de semana a "tia" A. ofereceu-nos um Dooky by Lojinha Doce uma coisa de que já tinha ouvido falar, mas que ainda não me tinha convencido. Basicamente é um pano com umas argolas que prendem na capota do ovinho, do carrinho de passeio ou do de bengala, e que tapam o sol, protegem do vento e (supostamente) do ruído. Prendem em cima e também em baixo, com uns atilhos, se necessário. Também tem velcro e faz efeito "cortininha", subindo e descendo para tapar melhor o sol e mesmo assim conseguirmos ver o bebé. No domingo já o estreámos e está aprovadíssimo. A parte mais gira é que vêm com uns desenhos amorosos, e aparentemente também os há personalizados, com o nome do bebé e etc. Adorámos o nosso "Sou gira e vou aqui!" que a "tia" A. escolheu. E o mais engraçado é que ontem também calhou a ver um carrinho de gémeos e cada um tinha o seu, um em rosa e outro azul. Um must. Só se vendem num quiosque no Colombo, na Dooky Store no Almada Fórum, na Lojinha Doce do Fórum Sintra e na Lojinha Doce Linda-a-Velha. Há também venda online e página no Facebook, e eles enviam o que quisermos pelo correio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Carmen Saraiva

No Dia do Pai...

Segunda-feira, 24.03.14

Foi assim. O post está atrasado, mas ainda conta.

A prenda da Margarida para o papá foi uma t-shirt da Desigual e uns chocolatinhos da Hussel. Ah, e um beijinho e um abraço.

 

A prenda da mamã foi um jantar de arroz no forno com espinafres, linguiça e queijo parmesão...

 

Durante o dia foi animado, houve almoço de famelga com o super pai/avô, bem regado a conversas e gargalhadas. Uma tradição a manter por muitos anos!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Marcadores:

por Carmen Saraiva

Lisbon Kids Market

Segunda-feira, 24.03.14

No sábado decidimos ir ao Lisbon Kids Market antes do jantar da C., e acabei por perder mais uma vez a cabeça com tanta coisa gira que por lá havia. Foi nas cavalariças do Pestana Palace, um local muito pitoresco mas pouco apropriado para o evento, a começar pelas escadas que separam as divisões por onde se espalham os expositores, o que obrigada a ter de carregar constantemente com o carrinho para subir e descer, e pela quantidade de portas abertas para o exterior, o que tornava o espaço um autêntico tunel de vento pouco propício a bebés e a qualquer pessoa com dois pulmões. Fiquei meio atacada desde o fim de semana e tenho a certeza que foi das correntes de ar gelado que apanhei lá. A Margarida saiu durante cinco minutos do carrinho e teve de andar feita múmia enrolada no cobertor e de boina na cabeça.

Enfim, lá acabei por me encantar com meia dúzia de peças, outras mais quis que não havia o tamanho para ela, mas houve três marcas que sairam vencedoras: a Pó de Talco, a Chocolate às Cores e a Anjinho Gordo.

 

 

Tapa fraldas da Chocolate às Cores

 

 

Fofo (muito fofo!) da Pó de Talco

 

 

Fato de banho lindo de morrer da Anjinho Gordo, para a minha anjinha gorda!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Carmen Saraiva

Ligeiro atraso

Sexta-feira, 21.03.14

fotografia.JPG

Comprei na Zara este vestido para estrear na Primavera. Havia neste azul pastel e em bege, e este tom foi o que me pareceu mais giro. Na foto não se vê, mas fica acima do joelho. Só que o sol fugiu e a Primavera não chegou. Vai ter de ficar no armário mais uns tempinhos... Damn it.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Carmen Saraiva

No jardim

Terça-feira, 18.03.14

fotografia.JPG

Os moranguinhos que o pai plantou já deram ares de sua graça. Só falta o chantilly.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Marcadores:

por Carmen Saraiva

Happy feet

Segunda-feira, 17.03.14

 

Do passeio soalheiro de domingo.

Tal filha, tal pai.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Carmen Saraiva


Em poucas palavras



O que preenche as páginas


Folhearam as 100 páginas


Subscrever as 100 páginas



Pág. 1/2