Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Por Carmen Saraiva

foto do autor


Contacto

cmsaraivasantos@gmail.com

100 páginas no Instagram

@carmensaraivasantos

100 páginas no Facebook


calendário

Maio 2014

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


Pesquisar entre as páginas

 


Semana de "firsts"

Terça-feira, 13.05.14

Uma série de primeiras vezes aconteceram nos últimos dias. A Margarida passou para o quartinho dela e para a cama grande no dia 3 de maio (na véspera do Dia da Mãe), e tem corrido tudo dentro da normalidade. Adora dormir de braços abertos, feita Cristo, e sem dúvida que está mais confortável - já batia com a cabeça e com os pés nas "paredes" da alcofinha rosa onde dormiu desde que nasceu, uma benção emprestada pela bebé I. M., e que agora será usada pela sua mana, que está a caminho! Coloquei umas luzinhas de estrelas que comprei no Imaginarium e a luz de presença habitual, que já usávamos no nosso quarto, um CD de música clássica na mini aparelhagem, e ela adorou tudo. É ótimo poder finalmente usar o quartinho que preparei com tanto amor, e as minhas costas também agradecem, já que tenho finalmente dado utilidade ao muda-fraldas e à poltrona que comprei para amamentar. Tudo muito mais confortável do que usar a nossa cama...

Entretanto neste fim de semana já passou do ovinho para a cadeira de passeio do trio. Na semana passada no CPPP eu e outras mães levámos outra vez o "chá", que o ovinho não serve para transportar o bebé a não ser dentro do carro, e que é prejudicial, que se deve transportar o bebé ao colo, no marsúpio, no sling, mas nunca no ovo, e bla bla bla. Eu já sabia isso tudo, mas enquanto ela foi tão pequenina e ainda por cima era inverno, sinceramente gostava mais de a ver protegida no ovinho do que noutro sítio qualquer. Mas de facto, agora que vem o verão, aquilo aquece imenso, além de que ela já está enorme - e detesta andar ali dentro, sempre detestou desde que saiu da maternidade. Então o ovinho ficou agora exclusivamente dentro do carro, e já anda na cadeirinha grande que veio com o trio. E adora, vê-se perfeitamente. Além de tudo, a cadeira tem mais espaço e reclina completamente, o que faz com que ela possa dormir muito mais confortavelmente se quiser. Foi o caso no domingo, em que almoçámos na esplanada do Rubro do Campo Pequeno (aproveito para dizer que estava tudo maravilhoso, há algum tempo que um almoço de tapas não me sabia tão bem!), e durante todo o almoço ela dormiu uma soneca boa, com a brisa da primavera nas perninhas. Acho que assim vai desfrutar muito mais dos passeios do que quando ia dentro daquele casulo!

E um first muitíssimo importante está para chegar no fim de semana: a primeira sopa. Domingo a Margarida faz 5 meses e é o dia ideal para essa primeira aventura. Espero que as paredes da cozinha sobrevivam.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Carmen Saraiva

2 comentários

De Ana a 13.05.2014 às 16:45

Ai! Vem uma pessoa aqui ler as novidades da Margarida e vê as suas migalhitas incluídas no post :) Ainda bem que a Margarida gostou da alcofinha tanto como a Isabel... agora chegou a fase das descobertas (e muitas cambalhotas) na caminha maior!

De Carmen Saraiva a 13.05.2014 às 20:18

Ahahahah pois é!! Sem a alcofinha da Isabel a Margarida não teria tido tão boas noites, de certeza! :D
E não falei do saquinho-cama que agora também está a usar, e está a dar imenso jeito, já que se destapou toda nas primeiras duas noites e lembrei-me que podia ser a solução... hehe Nem sabemos como agradecer tudo à Isabel e à mãe!
Quando for preciso devolver tudo à próxima herdeira, digam coisas!! :D
Beijinhos grandes!!

Comentar post



Em poucas palavras



O que preenche as páginas


Folhearam as 100 páginas


Subscrever as 100 páginas