Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Por Carmen Saraiva

foto do autor


Contacto

cmsaraivasantos@gmail.com

100 páginas no Instagram

@carmensaraivasantos

100 páginas no Facebook


calendário

Novembro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930


Pesquisar entre as páginas

 


Ainda a seleção (buaahhh...)

Segunda-feira, 23.06.14

Pronto. Ontem o entusiasmo todo da primeira parte foi-se por água abaixo quando os EUA marcaram aquele primeiro golo que lhes deu o empate. Depois mais um golo, já estávamos a fazer as malinhas e no último minuto um golpe de sorte lá nos devolveu uma réstia de esperança quando já tudo parecia mais que perdido. Uma coisa é certa, não tenhamos dúvidas: ao contrário do que aconteceu no jogo com a Alemanha, jogámos muito bem e estivemos à altura de uma equipa nada fácil. Lutámos e fizemos por merecer uma vitória, que muito injustamente resultou num empate. Foi pena, agora lá temos de depender do resto das equipas se quisermos ficar pelo Brasil mais uma semaninhas. Quinta-feira já teremos a resposta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Carmen Saraiva

O futebol e a seleção

Sexta-feira, 20.06.14

Não sou particularmente fã de futebol. Não sei os nomes dos jogadores da equipa que apoio (que, por influências paternais, é o Futebol Clube do Porto, by the way), nem quando jogam, nem contra quem, nem quantos pontos já levam de avanço ou atraso no campeonato. Mais: detesto fanatismos, seja de que ordem forem, e odeio gente que se dá ao trabalho de armar discussões ou estragar amizades à conta do futebol. É muito triste e muito feio em homens, e em mulheres nem vou falar, porque me chega a dar vómitos. Chorar ou irritar-se por causa de futebol é típico de gente que tem falta de problemas reais nas suas vidas e que tem muito pouco com que se preocupar, "benzós Deus".

No entanto, há uma coisa de que gosto realmente: ver jogar a nossa Seleção. Aí sim, convidem-me para assistir aos jogos, preparar uns aperitivos e torcer fervorosamente, que eu lá estarei. E foi por isso que me custou horrores ver-nos perder na passada segunda feira contra a Alemanha. Doeu. E 4-0 foi demais para os nossos corações. É que nem unzinho para nos salvar a honra conseguimos marcar. No próximo domingo jogamos outra vez, apesar de a horas tardias, e por aqui vamos continuar a apoiar a equipa da nossa Nação, por mais ou menos coxos que possamos estar. Ainda há esperança, apesar dos 4, e espero que não tenhamos a mesma sorte de nuestros hermanos. (O que, confesso, ao início ainda me deu vontade de rir, mas depois quando imaginei os meus avós a revirarem-se nas suas campas, achei que era melhor parar...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Carmen Saraiva


Em poucas palavras



O que preenche as páginas


Folhearam as 100 páginas